• terça-feira , 14 agosto 2018

Caseiro suspeito de assassinar professor do DF é preso em Goiás

Homem foi localizado em menos de 48 horas após o crime. Segundo a polícia, ele fugiu com o carro da vítima

O caseiro Antônio Barbosa de Alencar foi preso por agentes da Polícia Civil de Cristalina (GO), Entorno do DF, na madrugada desta quinta-feira (19/7).

Ele é suspeito de matar o advogado e professor da rede pública de ensino do Distrito Federal Rubens Guedes Memória, 55 anos. Segundo informações da PCGO, o homem estava em Jataí (GO).

O corpo do professor foi encontrado em sua fazenda, em Cristalina, por volta das 19h de segunda (16). Estava sem parte da orelha e com a perna quebrada, sinais de que pode ter sido torturado antes de ser assassinado.

A polícia goiana trabalha com a hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte), já que o autor fugiu com o carro do professor. O veículo também foi localizado.

Conforme relatos de testemunhas aos investigadores, desde a morte de Rubens, o caseiro não havia sido mais visto no local. O corpo do professor foi encontrado ensanguentado à margem da BR-040. Ao lado, um machado e uma pedra. A estrada dá acesso à casa da vítima e do funcionário da fazenda.

 

Veja Também