• quarta-feira , 14 novembro 2018

Bombeiros salvam homem que tentava se matar no Shopping Pátio Brasil

Vítima tentava se jogar do terceiro andar do centro de compras. Uma testemunha acionou a corporação, que conseguiu fazer o resgate

O Corpo de Bombeiros do Distrito Federal salvou um homem que tentava se suicidar no shopping Pátio Brasil na tarde de domingo (25/2). Segundo a corporação, uma testemunha que estava no local viu a vítima ameaçando se jogar do terceiro andar do centro de compras, a cerca de 20 metros de altura. Ela acionou os militares, que conseguiram fazer o resgate do rapaz, cujo nome e idade não foram divulgados.

O Pátio Brasil já foi palco de cenas semelhantes que terminaram em tragédia. A última ocorreu em março do ano passado, quando um homem de 46 anos se jogou do shopping e acabou perdendo a vida.

Em 2010, depois da 13ª ocorrência, a Justiça deu carta branca para a administração do shopping fechar a área externa do centro comercial. A construção havia sido embargada pelo GDF.

Antes disso, após ser procurado por um pai de um rapaz que havia se matado no shopping, o desembargador do Tribunal de Justiça do DF e Territórios (TJDFT) Roberval Casemiro Belinati provocou o Ministério Público a intervir na situação e exigir do shopping medidas concretas para evitar novos casos de suicídio.

Procurada pela reportagem, a assessoria do Pátio Brasil não respondeu aos questionamentos até a última atualização do texto sobre a tentativa de suicídio no domingo.

Vídeos:

Busque ajuda
Está passando por um período difícil? O Centro de Valorização da Vida (CVV) pode te ajudar. A organização atua no apoio emocional e na prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, e-mail, chat e Skype 24 horas todos os dias.

Metrópoles tem a política de publicar informações básicas sobre casos de suicídio ou tentativa que ocorrem em locais públicos. Como são ambientes de grande circulação de pessoas e geram mobilização das equipes de socorro e segurança, os leitores demandam informações e explicações do veículo.

O suicídio é um tema debatido com muito cuidado pelas pessoas em geral. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que o assunto não venha a público com frequência, para que não se estimule o ato. O silêncio, porém, camufla outro problema: a falta de conhecimento sobre o que, de fato, leva essas pessoas a se matarem.

Depressão, esquizofrenia e o uso de drogas ilícitas são os principais males identificados pelos médicos em um potencial suicida. Problemas que poderiam ser tratados e evitados em 90% dos casos, segundo a Associação Brasileira de Psiquiatria.

Fonte: Metrópoles

Veja Também