• terça-feira , 12 dezembro 2017

Agefis derruba árvores em condomínios para obra que pretende reduzir alagamentos em Vicente Pires

Trabalho é feito em duas chácaras; objetivo é dar espaço para lagoas de contenção de água da chuva. Moradores dizem que não foram consultados; GDF afirma que houve diálogo.

Funcionários da Agefis derrubam árvores em chácaras em Vicente Pires, no DF, para obras de captação das chuvas (Foto: Marina Oliveira/G1)

A Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis) iniciou nesta quinta-feira (7) uma operação de desobstrução da área verde em duas chácaras de Vicente Pires. O objetivo, segundo o GDF, é dar espaço para lagoas de contenção de água da chuva e, com isso, reduzir alagamentos na região.

Segundo o GDF, ao longo deste ano, antes de começar a derrubada houve negociação com os moradores das chácaras. Mas o chacareiro Antônio Luíz Ricarte negou o diálogo.

“Não é verdade que houve conversa. O que eles querem é destruir e eu não autorizo a destruição. A derrubada da vegetação vai acabar com as nascentes e agravar a seca de Brasília”, disse ele.

Funcionário da Agefis derruba árvore em chácara no Vicente Pires para obra de captação

O presidente da Associação de Moradores de Vicente Pires e Região Gilberto Camargos, afirmou que não considera essa ação a melhor alternativa para solucionar o problema de captação de água da chuva.

“Nós não somos contra as obras. Somos contra como estão fazendo a intervenção. Vão prejudicar muita gente, destruir o meio ambiente e mata nativa. Essa chácara [49] está toda preservada. É injusto ser penalizada”, disse ele.

Além da Agefis, a equipe responsável conta com representantes da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap), da Polícia Militar, sa Defesa Civil e da Administração Regional de Vicente Pires.

Veja Também