• quinta-feira , 18 outubro 2018

Suspeitos de roubos e latrocínios em Ceilândia são alvo de operação no DF e em SP

Policiais civis durante operação para prender suspeitos de roubo e latrocínio no DF — Foto: Reprodução

A Polícia Civil faz uma operação nesta quinta-feira (27) para prender pessoas investigadas por roubos e latrocínios em Ceilândia, no Distrito Federal. As investigações da Operação Defense começaram há quatro meses, na 23ª DP.

Até a última atualização desta reportagem, 23 alvos já tinham sido detidos – sendo que 9 já estavam presos e 5 pessoas foram presos em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.

Um dos crimes atribuídos ao grupo foi uma tentativa de latrocínio contra um bombeiro em uma padaria da região, em que quatro dos alvos teriam participado. O caso ocorreu em julho. Na ocasião, o bombeiro reagiu atirando contra os ladrões, que fugiram.

Outro mandado de prisão é contra um homem que participou do assalto a uma farmácia, em que o dono do estabelecimento reagiu e matou a comparsa dele.

  • Mandados: 36
  • Prisão preventiva: 18
  • Prisão temporária: 1
  • Busca e apreensão: 17
  • Flagrante: 5
  • Locais: Ceilândia, Samambaia, Taguatinga e em Ribeirão Preto (SP)
  • Quantidade de policiais: 150

Segundo a polícia, a operação recebeu o nome de “Defense” para “representar a defesa das vítimas que foram lesadas de alguma forma pelos grupos que serão presos”.

Helicóptero da Polícia Civil é filmado durante operação contra roubo e latrocínio — Foto: Reprodução

Por Gabrielle Freire e Gabriel Luiz, TV Globo e G1 DF

Veja Também